quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Ban Ki-moon diz que “não temos plano B nem planeta B” e apela para acordo na COP

Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moom. Foto: ONU/Mark Garten 
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse hoje (19) que não há tempo a perder para se alcançar um novo acordo global climático na 21ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro sobre Mudança do Clima (COP21), em dezembro, em Paris. “Eu tenho alertado os Estados-membros de que não temos plano B porque não temos um planeta B. 


O processo de negociação tem sido muito lento, infelizmente. É muito frustrante ver que os negociadores têm negociado apenas baseados em suas perspectivas nacionais muito estreitas. Esta não é uma questão de uma nação individual, este é um assunto global”, disse Ban, em visita a Bratislava, na Eslováquia.

O secretário-geral afirmou estar “razoavelmente otimista” de que os países firmem um acordo climático universal robusto. “Enquanto os Estados-membros têm discutido e perdido tempo, o fenômeno da mudança climática tem impactado nosso planeta. Temos visto padrões climáticos extremos nos últimos anos. Não importa se você vive em uma região rica e próspera, como a União Europeia. A mudança climática não está atingindo apenas o mundo em desenvolvimento. Os cientistas têm alertado que a alteração climática está acontecendo e se aproximando muito mais rápido do que o esperado”.

Ao final da COP21, um novo acordo global climático será firmado entre os 196 membros da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês), que entrará em vigor a partir de 2020, em substituição ao Protocolo de Quioto.



Por Ana Cristina Campos Edição:Fábio Massalli Fonte:Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário