terça-feira, 15 de julho de 2014

Idec lança plataforma “tô sem água”


O especial permite aos cidadãos indicar onde não há água na cidade



O Instituto de Defesa ao Consumidor (Idec) lançou na última semana a página “Tô sem água”. Na plataforma, a população poderá relatar onde e com qual frequência está sofrendo a falta de água. De acordo com o órgão, o objetivo do projeto é reunir informações de diferentes regiões abastecidas pelo Sistema Cantareira, para questionar esses períodos sem água aos órgãos responsáveis, já que o racionamento não foi instituído e confirmado pelo governo.

"A água é essencial para saúde e higiene e, portanto, deve ser fornecida sem interrupções. Se há a necessidade de racionamento, este deveria ser feito de maneira organizada. A informação é um direito fundamental do consumidor e com ela as pessoas poderiam se planejar e buscar formas alternativas para não ficar sem água", explica a advogada do Idec Claudia Almeida.

No especial, as pessoas também poderão ter mais orientações: com relação ao desconto na conta a quem cumprir com as metas de redução de 20% do consumo; sobre o que fazer no caso de falta de água; e também dicas para o consumo sustentável.

Segundo o Idec, já houve um contato com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, no fim de abril para estabelecer qual seria o posicionamento a ser adotado. Na ocasião, o órgão sugeriu que decretar o racionamento seria a medida mais responsável e evitaria o transtorno da falta de água sem aviso. "O Idec irá cobrar mais transparência dos órgãos responsáveis: governo estadual e Sabesp, e irá exigir eventuais providências da Arsesp, a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo", conclui Claudia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário