segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Poluição do ar é a principal causa ambiental de câncer de pulmão, diz OMS




Respirar o ar poluído das grandes cidades causa câncer no pulmão. E, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), esta tem sido uma das principais causas da transmissão e, consequentemente, das mortes causadas pela doença em seres humanos.

O comunicado oficial, classificando a poluição aérea como elemento cancerígeno, foi emitido na última quinta-feira, 17, pela Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC).

No texto, a organização, que faz parte da OMC, sugere que somente em 2010, houve ao menos 223 mil mortes por câncer de pulmão (grupo 1) em todo o mundo que foram resultantes deste fator. Além disso, o documento ainda afirma que na base de dados do instituto há provas convincentes de que a má qualidade do ar também está ligada ao surgimento de tumores na bexiga.

Para os pesquisadores, em alguns lugares do planeta, a exposição ao ar poluído é tão danosa ao organismo quanto respirar fumaça de tabaco de má qualidade. Países que tiveram um salto de industrialização nas últimas décadas, como a China, reforçam esta tese, justamente por registrar cada vez mais casos de câncer de pulmão.

 Além do ar poluído, outras 100 substâncias são classificadas pela agência são consideradas cancerígenas no grupo 1 da IARC. Outros elementos que fazem parte desta categoria são o plutônio, a fumaça do tabaco, a radiação ultravioleta e o amianto. 

Link para o estudo (em inglês): http://www.iarc.fr/en/media-centre/iarcnews/pdf/pr221_E.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário