quarta-feira, 3 de agosto de 2011

"Vazio sanitário" da soja rende notificações no MT

Fonte: G1









Cerca de 117 propriedades foram notificadas no Mato Grosso por plantio involuntário de soja. Desde o último dia 15 de julho, quando teve inicio o período de vazio sanitário da soja, mil propriedades foram fiscalizadas no estado. 

Os produtores tiveram até 48 horas para remover a plantação que, nesse caso, não é intencional e pode ocorrer quando os grãos caem durante o escoamento da produção. Até o momento nenhum produtor foi autuado por insistir em plantar no período que termina no dia 15 de setembro.

O processo de vazio sanitário serve para reduzir a sobrevivência do fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da ferrugem asiática da soja, evitando assim ataques precoces da doença na safra seguinte. 

O alerta para respeitar a determinação foi enfatizada no zoneamento da soja para a safra 2011/2012 divulgado na sexta-feira (29) pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).No caso de negligência no processo, o agricultor é multado em até 30s Unidade de Padrão Fiscal (UPF), o equivalente a R$ 1.080, somado a duas UPFs por hectare cultivado, ou seja, mais R$ 72,06. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário