segunda-feira, 2 de maio de 2011

Potencial eólico offshore brasileiro supera 600 GW

Fragmento retirado do informe: http://www.provedor.nuca.ie.ufrj.br/eletrobras/arquivos/ifes/IFE2938.html#bio1

Boa notícia: O potencial de geração de energia eólica da costa brasileira é mais de dez vezes superior ao em terra, mostra estudo inédito do Inpe. O levantamento concluiu que poderiam ser instalados 3,5 mil GW de potência eólica offshore do Brasil. O potencial eólico onshore é estimado em 250 GW. Se forem levadas em conta apenas as áreas com profundidade de água de até 100m, o potencial de geração chega a 636 GW, cinco vezes mais do que a capacidade instalada brasileira.

De acordo com o estudo, a média da magnitude do vento offshore no Brasil apresentou variação entre 7 e 12 m/s, com valores mínimos próximos à costa de São Paulo e valores máximos próximos à costa de Sergipe e Alagoas. O próximo passo dos pesquisadores é montar um modelo que leve em conta a previsão climática para os próximos anos, com a variação prevista para o regime de ventos. Outra frente é fazer um ajuste fino dos dados para estimar quanto desse potencial pode ser efetivamente aproveitado. (Energia Hoje – 28.04.2011) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário