sexta-feira, 18 de março de 2011

Mesmo sob protestos, Belo Monte sairá do papel



Mesmo com todos os protestos e manifestações civis contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, rio no Xingú, localizado no Pará,o  ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, anunciou que sim, a construção será levada adiante.
O anúncio foi feito durante uma reunião do Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social, ligado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.  Na ocasião, Carvalho disse o seguinte:


“Belo Monte vai ser construída. Não posso dizer a vocês que não será. A questão é que pode ser construída gerando um trabalho de saneamento ambiental para a região e com realocação adequada da população de ribeirinhos”.


O caso já chegou à OEA - Organização dos Estados Americanos, por conta dos protestos de organizações ambientalistas, indígenas e ribeirinhas da região do Xingu. O órgão até já exigiu do governo brasileiro esclarecimentos sobre o processo de licenciamento da futura usina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário